Enviar Trabalho

Os Trabalhos deverão ser submetidos até a data limite de 06/04/2018. Para submissão de trabalho o autor deve previamente realizar a inscrição no evento.


Cada autor poderá inscrever somente um trabalho como apresentador, não havendo limite de submissões para co-autoria.


Somente serão aceitos para apresentação no evento trabalhos de pesquisa originais (incluindo revisões sistemáticas) com temática relacionada a área de Cariologia. Serão disponibilizadas duas modalidades e duas categorias de apresentação:


Modalidades de apresentação:

Sessão de Pôsteres: O apresentador terá 3 minutos para apresentar seu trabalho aos membros da comissão avaliadora, que terão 2 minutos para realização de perguntas.


Pôster Dialogado: As sessões de pôster dialogado serão realizadas em formato de mesa redonda, sendo selecionados de 6 a 8 trabalhos por sessão. Cada apresentador terá 5 minutos para apresentar seu trabalho. Após a apresentação de trabalhos, o debate será aberto pela comissão avaliadora, podendo ocorrer a discussão entre os apresentadores, comissão avaliadora e público em geral, com duração de 20 a 30 minutos.

No momento da inscrição o apresentador deverá explicitar a modalidade de apresentação escolhida. Trabalhos inscritos para pôster dialogado poderão ser aceitos na modalidade sessão de pôsteres.


Categorias de apresentação:

No momento da inscrição do trabalho o apresentador deverá indicar também a categoria, que será dividida em Graduação (acadêmicos e graduados estagiários) e Pós-Graduação (Alunos de Especialização, Mestrado ou Doutorado).

Premiação: Serão outorgados os prêmios de melhor trabalho do evento e mais duas menções honrosas para cada modalidade de apresentação e categoria. Os premiados receberão certificado.


Normas para confecção dos resumos:

Os resumos deverão ser enviados no idioma INGLÊS, espaçamento de 1,5, fonte Arial tamanho 11. Para envio do resumo os campos indicados abaixo na página deverão ser preenchidos corretamente. Selecione a Modalidade de Apresentação e a Categoria de Apresentação.


Prévio ao resumo deverá constar no arquivo:

Modalidade de apresentação: Pôster ou Poster Dialogado

Categoria: Graduação ou Pós-Graduação

Umas das seguintes áreas temáticas, a fim de facilitar a programação: Estudos Clínicos; Estudos Epidemiológicos; Estudos Microbiológicos; Outros Estudos Laboratoriais.

Título: Deve ser conciso, com no máximo 15 palavras.

Nomes dos Autores: Abreviação dos nomes seguido do numero identificando a afiliação institucional, exemplo:

Romero VHD*¹, Azevedo MS¹, Correa MB¹, Hartwig AD¹, Junior IF¹, Signori C¹, Cenci MS¹

Universidade Federal de Pelotas¹

Resumo: deverá incluir o máximo de 300 palavras, ressaltando-se no texto uma pequena introdução, objetivo, material e métodos, resultados e conclusões.

Palavras-chave: (correspondem às palavras ou expressões que identificam o conteúdo do artigo). Mínimo de 3, máximo de 5 palavras. Para determinação das palavras-chave os autores deverão consultar a lista de assuntos do "Índex Medicus" e os Descritores em Ciências da Saúde - DeCS (consulta eletrônica pelo endereço: http://www.decs.bvs.br/. Deve-se usar ponto final para separar as palavras-chave, que devem ter a primeira letra da primeira palavra em letra maiúscula. Ex: Dental implants. Fixed prosthesis. Photoelasticity. Passive fit.


MODELO DE RESUMO:


A cariogenicidade do leite materno e sacarose em um modelo de biofilme de microcosmos.


Romero VHD*¹, Azevedo MS¹, Correa MB¹, Hartwig AD¹, Junior IF¹, Signori C¹, Cenci MS¹


Universidade Federal de Pelotas¹


Os microrganismos pertencentes à microflora oral residente atuam diretamente no processo cárie dentária. Modelos de biofilme poderiam ser usados para responder a questões específicas relacionadas à cárie. O objetivo deste estudo foi verificar o efeito do leite materno isolado e associado à sacarose na cariogenicidade do biofilme e na perda mineral de substratos dentários em um modelo de biofilme de microcosmos. Trinta discos de esmalte foram aleatoriamente distribuídos em 6 grupos suplementados com: DMM sem sacarose (DMM), DMM com 1% de sacarose (DMM+), leite materno com DMM (LM), leite materno com DMM+ (LM+), leite bovino com DMM (LB) e leite bovino com DMM+ (LB+). Biofilmes de microcosmos foram formados sobre os espécimes por 5 dias. Saliva humana foi utilizada como inóculo. Os biofilmes, contados em Unidades Formadoras de Colônia (UFC), foram quantificados em microorganismos totais (MT), estreptococos do grupo mutans (EGM), lactobacilos (L) e ácido-tolerantes (AT); os substratos foram avaliados através da perda de dureza superficial (%PDS); e foi comparado o ph entre os grupos durante cada dia do experimento. Os dados foram avaliados através do teste T (p<0.05). Todos os grupos tiveram diferença estatística significante em %PDS ao grupo DMM+; leite materno e bovino quando associados a sacarose mostraram maior perda mineral em relação aos respectivos sem sacarose, porém mostraram pouca diferença entre si; o grupo DMM foi o de menor perda de dureza superficial. A variação de ph foi similar entre os grupos DMM+ e LM+. Houve diferenças estatísticas na contagem das UFC’s. Maiores valores de MT foram encontrados em DMM+, LB e LB+; houve diferença estatisticamente significante na contagem de AT entre LM e LB. É possível inferir que leite materno e bovino possuem algum potencial cariogênico, principalmente se associados a sacarose, porém o aleitamento materno não deve ser desencorajado devido aos seus inúmeros benefícios.


Palavras-chave

biofilme, cárie dentária, in vitro, leite humano


Inscrições encerradas.